Por estilo e números, garotos do Santos apelidam Dorival de Guardiola

Geralmente, brincadeiras ficam por conta de torcedores, mas quando a fase é boa, até os jogadores tomam a liberdade de brincar com o chefe. Com o bom aproveitamento de Dorival no comando do Peixe (70 vitórias, 22 empates e 24 derrotas), e com o toque de bola como padrão de jogo, os garotos do time tomaram a liberdade de apelidar o técnico.

- Dorival é o Pep Guardiola do Brasil. Se espelha muito no Bayer de Munique (da Alemanha). Sempre assiste aos jogos. Fez estágio lá, ficou um mês e trouxe isso para nós - disse Thiago Maia.

- Ele não faz referência ao Guardiola. Mas é muito importante o que ele trouxe para nós. É uma experiência muito grande. São muitas coisas que não fazíamos e agora temos. Ele colocou pra gente correr pra frente, marcar pra frente, não fazer um gol e sair ao ataque. Trabalhos de lá tem sido feitos aqui - completou o lateral Zeca.

Os elogios não vem só pelos números ou pelo jogo bonito. A brincadeira também tem uma parte de gratidão dos garotos, que passaram a ter sequência como titulares quando Dorival retornou ao Peixe.

- Ele tem paciência com os moleques, deu oportunidade pro Ronaldo, Vitor Bueno, Zeca, Gustavo, para mim. Espero que ele fique aqui por muito tempo. Combina com o Santos - completou Thiago Maia.

Há três anos, inclusive no ano passado, Dorival Júnior fez alguns estágios pela Europa, inclusive no Bayer de Munique, com Guardiola.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos