PSG está disposto a gastar mais de R$ 1 bi por Neymar e CR7, diz revista

  • Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images

    Neymar e Cristiano Ronaldo são alvos do PSG, segundo a "France Football"

    Neymar e Cristiano Ronaldo são alvos do PSG, segundo a "France Football"

Nasser Al-Khelaifi, bilionário e presidente do Paris Saint-Germain, não deve medir esforços financeiros para reforçar o clube e o colocar em um patamar superior a partir da próxima temporada. De acordo com a revista francesa "France Football", o PSG pode pagar quase 300 milhões de euros (cerca de R$ 1,22 bilhão) para ter Neymar e Cristiano Ronaldo.

Um dos motivos para a busca dos craques de Barcelona e Real Madrid é que Zlatan Ibrahimovic, principal astro do clube francês nos últimos anos, já indicou que deve sair após o fim de seu contrato, em junho.

Segundo a publicação, Al-Khelaifi estaria disposto a pagar a cláusula de rescisão de Neymar, que é de 193 milhões de euros (R$ 790 milhões), e contratá-lo por um salário de 25 milhões de euros (R$ 102 milhões) por ano. O brasileiro, porém, negocia a renovação de seu contrato com o Barça, que vai até 2018, e sempre disse que quer permanecer no time catalão.

Já por Cristiano, o PSG poderia investir cerca de 100 milhões de euros (R$ 410 milhões) e dar a ele um salário de 26 milhões de euros (R$ 106 milhões) por temporada. O empresário do craque, o português Jorge Mendes, já levou para o time francês no ano passado o argentino Ángel Di María.

Entretanto, tudo isso depende da saída de Ibrahimovic, o que ainda não foi oficializado. O jornal "Le Parisien" afirma que o PSG já propôs a renovação por um ano, mas a "France Football" diz que Ibra já conversa com o Manchester United. Enquanto isso, a imprensa europeia especula vários outros nomes como possíveis substitutos do astro sueco.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos