Simeone se conforma com derrota e saída da luta: 'Muito orgulhoso'

O Atlético de Madrid foi surpreendido neste domingo. Em Valência, o Colchonero foi derrotado pelo Levante por 2 a 1, e saiu da disputa do Campeonato Espanhol, pois já não pode alcançar a liderança. O golpe foi mais duro por ter sido contra o lanterna do torneio, que já está rebaixado. Após a partida, Diego Simeone, técnico do Atlético, revelou o que disse aos jogadores.

- Disse para eles que estou orgulhoso do que fizemos. Nada melhorar do que a realidade do momento para termos força. Agora temos que lutar para ficarmos na segunda posição, se não conseguirmos, em terceiro lugar - disse o argentino.

Simeone ainda rechaçou que o Atlético de Madrid tenha perdido porque faltou fôlego após o jogo do meio de semana. O Colchonero segurou uma derrota por apenas 2 a 1 contra o Bayern de Munique fora de casa, e se classificou para a final da Liga dos Campeões. E exaltou o crescimento do time em relação aos dois principais clubes do país.

- Não há desculpas. Estamos terminando uma temporada fantástica, enorme, e ficamos a apenas uma data de competir com Barcelona e Real Madrid. Isso é o que me coloca feliz, porque outras vezes ficamos a 10 - disse:

- Faltou um pouquinho para conseguirmos, é verdade. Estou com dor por ter ficado fora da última data, mas fica cheio de alegria de estar lutando até a penúltima rodada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos