Embalado, Rosario encara o Atlético Nacional pela Libertadores

Moleza e Rosario Central não combinam na atual edição da Libertadores. Após passar pelo Grupo da Morte, os argentinos eliminaram o Grêmio com autoridade nas oitavas de final. Agora, a equipe de Eduardo Coudet terá pela frente nova pedreira: o Atlético Nacional, dono da melhor campanha na fase de grupos e invicto até o momento. O primeiro duelo pelas quartas de final acontece nesta quinta-feira, às 21h45 (de Brasília).

Além de atuar em casa (onde ainda não foi derrotado), o Rosario terá praticamente força máxima para o duelo, incluindo o atacante Marco Ruben, autor de sete gols na Libertadores. A única baixa de Eduardo Coudet é Marcelo Larrondo, com lesão no joelho direito e sem previsão para retorno.

- Quero ganhar a partida, independente que sofra gols dentro de casa. Com um triunfo você pode pensar com calma na maneira de atuar nos 90 minutos restantes. Vamos enfrentar uma grande equipe, a melhor na competição até o momento. Vamos tomar todos os cuidados necessários - disse Coudet.

Já o Atlético Nacional quer manter o desempenho avassalador até aqui. Juntanto a fase de grupos e as oitavas de final, a equipe colombiana venceu seis partidas e empatou duas vezes. A última vítima também foi argentina: o Huracán, em duelo bastante polêmico nas oitavas de final.

O técnico Reinaldo Rueda contará com o retorno do zagueiro e capitão da equipe, Alexis Henríquez, que se recuperou de uma tendinite no joelho esquerdo. Por outro lado, os atacantes Víctor Ibarbo e Luis Carlos Ruiz estão vetados pelo departamento médico.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos