'O futebol está sendo objeto de terror'

O ataque terrorista à sede de uma torcida organizada do Real Madrid, em Balad, a 125 Km ao norte de Bagdá, comoveu o mundo do futebol. O primeiro a mostrar seu pesar pela tragédia foi Javier Tebas, presidente da Liga Espanhola. Minutos depois que o AS publicou a notícia do ocorrido, o presidente da Liga mandou uma mensagem pelo Twitter: "Consternado pelo atentado contra uma sede de torcida do Real Madrid no Iraque. O terrorismo ataca o futebol. Estamos com as vítimas e suas famílias."

Ziad Subhan, presidente da sede madridista em Samarra afirmou: "Os terroristas não gostam de futebol, consideram algo anti-muçulmano. Então, cometem atrocidades assim. Estamos todos destroçados pelo que aconteceu." Neste sentido, Tebas afirmou: "O futebol está sendo objeto de terror. Íamos viajar este mês, mas adiamos por segurança. Voltaremos para apoiar o povo daqui."

LANCE! / AS (ESPANHA)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos