Proposta do Botafogo por Barcos tem empecilho no Campeonato Português

Rodrigo Pimpão é segundo atacante, ponta, seja lá como queiram chamá-lo. Centroavante é uma posição onde ele pode jogar, mas não é a que prefere. Exatamente por isso, a procura da diretoria do Glorioso por um especialista não terminou. O nome do argentino Hernán Barcos continua em pauta para o Brasileirão. Mas a última rodada do Campeonato Português, neste fim de semana, faz da evolução das conversas mais lenta. O diretor de futebol do clube de Lisboa, Otávio Machado, desconversa sobre o jogador de 32 anos.

- Não tenho qualquer informação. Estou preocupado com a última rodada. Não posso adiantar nada. Nem negativo, positivo ou se existe. Não está nas minhas mãos. Está com o presidente (Bruno de Carvalho) - revela o dirigente, em contato com a reportagem do LANCE!.

Acontece que o Sporting chega para esta última rodada do campeonato local precisando vencer o Braga e torcendo por, no máximo, um empate do Benfica com o Nacional. O Glorioso enviou proposta ao empresário e irmão do atleta, David Barcos. Salários em torno de R$ 300 mil e luvas próximas de R$ 1,3 milhão. Falta a resposta.

Barcos está encostado em Portugal. Contratado no início de fevereiro, praticamente não entrou em campo. No Glorioso, seria a referência na grande área que a diretoria e o técnico Ricardo Gomes tanto sonham desde o início do ano. O chinelo Gustavo Canales além de Rafael Moura receberam propostas, mas não houve acordo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos