Minotauro pede Anderson e Aldo no Hall da Fama do UFC

Ainda que a festa brasileira no UFC 198 não tenha sido completa com a derrota de Fabricio Werdum na luta principal, a família Nogueira não tem do que se queixar. A noite começou com um belo nocaute de Rogério Nogueira, o Minotouro, sobre Patrick Cummins, e terminou com o anúncio de que seu irmão gêmeo, Rodrigo Minotauro, será introduzido ao Hall da Fama do UFC.

A cerimônia que marcará a entrada do ex-lutador no panteão de grandes atletas da história do Ultimate se dará no dia 10 de julho e fará parte das festividades do UFC 200. Minotauro admitiu que foi pego de surpresa pela notícia, mesmo agora trabalhando para a companhia, no papel de embaixador:

- Pois é, ninguém me contou. Fiquei sabendo na hora! Foi muito legal. Poder representar o Brasil nesse Hall da Fama vai ser muito legal. Ainda mais ao lado de um gigante como o Royce Gracie, o cara que me inspirou a lutar.

Perguntado quem poderia segui-lo entre os brasileiros nos próximos anos, Minotauro não titubeou: quer ver Anderson Silva e José Aldo como próximos homenageados:

- Nossa, temos muitos nomes de peso na história do MMA, alguns pioneiros como o Marco Ruas. Mas certamente o Anderson e o José Aldo são os lutadores que têm que entrar no Hall da Fama um dia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos