Conte é absolvido de acusação de manipulação de resultados

Antonio Conte foi absolvido nesta segunda-feira pelo Tribunal de Cremona. O técnico da Itália era acusado de fraude esportiva quanto a uma suposta rede de manipulação de resultados no Calcio. O fiscal Roberto di Martino havia solicitado seis meses de prisão, além de multa de 8 mil euros (cerca de R$ 32 mil) ao treinador, que teria dado aprovação para a manipulação do resultado da partida entre Siena e Albinoleffe, pela Série B.

No entanto, o juiz da audiência preliminar, Pierpaolo Beluzzi aceitou os termos da defesa dos advogados de Conte, Leo Cammarata e Francesco Arata, que negavam relação do treinador - que na época comandava o Siena - com os episódios.

Já no comando da Juventus, Conte havia aceitado quatro meses de punição por não ter denunciado o fato, mesmo que a jurisdição na Itália não garanta responsabilidade penal a este tipo de infração.

Conte não é o único futebolista que está sendo investigado pelo Tribunal. O ex-treinador da Atalanta, Stefano Colantuono, e os ex-jogadores Stefano Mauri e Giuseppe Signori são acusados de conspiração.

O treinador ficará no comando da Azzurra somente até o fim da Eurocopa, quando assumirá o Chelsea.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos