Corinthians defende Yago e trabalha para invalidar suspensão preventiva

Suspenso preventivamente por 30 dias em razão de flagra no exame antidoping em partida da oitava rodada do Campeonato Paulista, o zagueiro Yago deverá ser julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-SP) até o fim do mês. O departamento jurídico do Corinthians encaminhou a defesa de seu zagueiro na tarde desta segunda-feira e trabalha também para derrubar a suspensão prévia, colocando o camisa 3 apto aos compromissos do Campeonato Brasileiro antes de 8 de junho, quando vence o período preventivo em que o zagueiro não tem condições de jogo.

A Federação Paulista de Futebol já confirma o recebimento da defesa do Corinthians, que pede a absolvição de Yago mesmo admitindo a aplicação da substância betametasona, proibida pelo Regulamento de Controle de Dopagem da CBF e pela WADA (Agência Mundial de Dopagem). O clube, entretanto, se sustenta em um precedente desta regulamentação para Yago não ser penalizado por até dois anos, como prevê o artigo 6, ítens 1, 2 e 3 do Regulamento de Doping da Fifa para o uso desta substância.

A betametasona faz parte de um medicamento de ação anti-inflamatória para combater dores no joelho, e foi administrada de forma intra-articular (infiltração), método permitido pela Agência Mundial de Dopagem. Todos os glicocorticóides (grupo do qual faz parte a betametasona) são proibidos quando administrados por via oral, intramuscular, intravenosa ou retal. Com Yago, a via utilizada é permitida, e o Corinthians informou previamente à FPF que utilizaria a substância, de acordo com o consultor médico do clube, Joaquim Grava.

O pedido de anulação da suspensão preventiva ainda não foi apreciado pelo TJD, que também não definiu a data do julgamento de Yago. A expectativa é que o relator do processo seja escolhido até quarta-feira, e a partir daí será marcado o julgamento. O Corinthians protocolou sua defesa no penúltimo dia possível dentro do prazo de cinco dias. A princípio, Yago está suspenso até 8 de junho, e o Timão não prevê problemas com a sentença.

Yago já não atuou neste fim de semana, contra o Grêmio, na abertura do Brasileirão, e deverá seguir fora no próximo domingo, contra o Vitória, na segunda rodada. Balbuena tem sido o substituto, mas terá que deixar o grupo a partir da próxima semana, quando se apresenta para disputar a Copa América pelo Paraguai. O Corinthians espera ter Yago de volta na terceira rodada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos