Lutadora do UFC recusa convite para conduzir tocha olímpica

Peso-palha do UFC, Claudia Gadelha recusou o convite para conduzir a tocha olímpica que passará pela cidade natal da brasileira, Mossoró (RN), no dia 6 de junho.

A brasileira alegou que está focada na preparação para a disputa de cinturão contra a campeã Joanna Jedrzejczyk, em 8 de julho, nos EUA e que não achava justo um atleta ter que custear a própria viagem para participar do evento.

Através de uma rede social, a faixa-preta da Nova União revelou maiores detalhes da recusa pelo convite olímpico.

- Infelizmente terei que declinar o convite. Não acho justo que um atleta tenha que arcar com todas as despesas decorrentes da viagem para participar do evento. Além disso, foi dada a largada e estou em camp, treinando diariamente em busca de mais uma vitória e seria muito difícil viajar para atender o evento - escreveu Claudinha.

Gadelha construiu um cartel com 13 vitórias e apenas uma derrota controversa, justamente para a campeã da categoria no UFC, Joanna Jedrzejczyk, com quem participou do reality show TUF 23 Finale.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos