Ministros ressaltam confiança na realização das Olimpíadas do Rio

Os ministros Leonardo Picciani, do Esporte, e Henrique Eduardo Alves, do Turismo, reforçaram, nesta segunda-feira, que o Brasil está preparado para receber os Jogos Olímpicos Rio 2016 e descartaram qualquer tipo de risco de interrupção ou descontinuidade do cronograma de ações em função da mudança de governo.

Segundo Picciani, no encontro entre os ministros, representantes do governo envolvidos no projeto olímpico e o presidente interino Michel Temer, foi apresentado um resumo do estágio de preparação dos Jogos e o planejamento das ações a serem tomadas.

- Ficou nítido que não existem surpresas. As obras seguem o cronograma e a preparação das áreas onde ocorrerão eventos olímpicos estão dentro da normalidade. Estamos na fase de ajuste final e a expectativa é absolutamente positiva - ressaltou, em entrevista coletiva concedida após reunião.

O ministro do Esporte informou ainda que o presidente Michel Temer conversou por telefone com o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach. Durante o diálogo, o presidente interino reafirmou todas as garantias assumidas pelo governo brasileiro para a realização dos Jogos, especialmente em relação à segurança.

Mais cedo, durante o evento de posse, o ministro da Defesa, Raul Jungman, já havia confirmado que o monitoramento permanente feito pelo governo federal terá continuidade e será até intensificado. Para Jungman, os Jogos têm repercussão extrema no cenário internacional e são capazes de trazer uma visão pacífica e competente da nação.

- Saiba de uma coisa: as Olimpíadas vão ser realizadas, vão dar certo e vão dar orgulho aos brasileiros perante o mundo. Estamos prontos para suprir qualquer necessidade que se faça necessária para o bom desempenho das Olimpíadas - acrescentou o ministro.

Para o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, a experiência e êxito na realização de grandes eventos esportivos asseguram que o Brasil será capaz de conduzir o evento olímpico com tranquilidade.

- Independentemente de questão política ou partidária, vamos mostrar ao mundo que esse povo de formação democrática e hospitaleira tem capacidade de fazer uma inesquecível Olimpíada - concluiu o ministro do Turismo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos