Treinador confirma lesão de Bolt e jamaicano vira dúvida para Rio 2016

A presença do velocista e bicampeão olímpico Usain Bolt nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro já não está garantida. O jamaicano sofreu uma lesão na coxa no sábado passado, durante o Cayman Invitional, sua primeira corrida na temporada.

- Ele sofreu uma lesão séria na coxa. Se você percebeu, no fim da corrida, ele estava fazendo careta - afirmou o treinador de Bolt, Glen Mills, em entrevista à rádio jamaicana 92FM Hitz.

Mils ainda disse acreditar que o atleta forçou para concluir a prova na primeira colocação.

- Não acho que ele estava sob qualquer pressão, mas estava fazendo uma careta porque estava realmente querendo forçar e não tinha a chance de fazer isso - contou, explicando de forma mais detalhada como está o tratamento da lesão de Bolt.

- Ele tem sofrido com as isquiotibiais, que fica na parte posterior da coxa. Acho que ele teve um desconforto em seu tendão, porque ele não se preocupou em empurrá-lo depois disso. Mas ele vai ficar bem. Ele está na Alemanha, visitando médicos e nos dizem que ele vai ficar bem - concluiu o treinador.

O velocista está se sendo tratado pelo médico Hans-Wilhelm Müller-Wohlfahrt. O profissional é conhecido entre os atletas de alto rendimento e Bolt já esteve sob os cuidados de Wohlfahrt. em outras oportunidades.

No Jogos Olímpicos, o jamaicano buscará pelas medalhas nos 100m, 200m e 4x100m rasos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos