Espanha reafirma superioridade na Europa com título do Sevilla

O tricampeonato da Liga Europa conquistado pelo Sevilla evidencia o domínio do futebol espanhol nos torneios da Uefa. O último time fora do país a quebrar a hegemonia foi o Bayern de Munique, vencedor da Liga dos Campeões em 2012-2013. De lá para cá, os ibéricos sempre estiveram no lugar mais alto dos dois pódios.

Nas três últimas temporadas, a Espanha fez a dobradinha Liga dos Campeões-Liga Europa, sempre com o Sevilla como dono da segunda competição. Os andaluzes tiveram a companhia do Real Madrid em 2013-2014, do Barcelona em 2014-2015, e agora podem ficar ao lado dos Merengues novamente ou do Atlético de Madrid.

O título do Sevilla também deixa a Espanha com a hegemonia da Liga Europa, com dez canecos. A Itália fica em segundo, com nove, enquanto a Inglaterra é a terceira, com sete. Em dez anos, foram seis títulos (quatro do Sevilla e dois do Atlético de Madrid).

Na Liga dos Campeões da Europa, mesmo se a final não fosse espanhola, o país ainda terminaria a temporada com a soberania. São 15 títulos até agora, contra 12 de Itália e Inglaterra. No dia 28 de maio, o número subirá para 16.

Em uma década, foram cinco conquistas: três do Barcelona, uma do Real Madrid, e a próxima, que ficará entre os Blancos e o Atlético de Madrid.

Com a vitória sobre o Liverpool por 3 a 1, de virada, nesta quarta-feira, o Sevilla mantém o aproveitamento de 100% em finais da Liga Europa, ganhando as cinco que disputou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos