Levir considera empate justo, mas reclama da arbitragem e de simulação de Grafite em pênalti

O Fluminense não saiu nada satisfeito com o empate em 2 a 2 diante do Santa Cruz, neste sábado, em Votla Redonda. O técnico Levir Culpi reclamou muito da arbitragem do baiano Jailson Macedo, que marcou um pênalti para o Santa Cruz aos 37 do segundo tempo após simulação do atacante Grafite.

- O resultado até que foi justo, o Santa Cruz não perde há 15 jogos, é uma equipe organizada. O que me deixa triste é o pênalti marcado no fim do jogo após uma simulação. Isso tem que mudar lá no início, na educação. Nossos jogadores são educados para enganar - disse.

Vale ressaltar que a origem da jogada do segundo gol do Fluminense também foi ilegal. NO lance que gerou o escanteio, o meia Cícero lançou Fred, que estava impedido, mas seguiu no lance. Levir não comentou este lance, mas falou sobre os critérios da arbitragem:

- Se esse árbitro apita um jogo de Libertadores, teriam umas 10 expulsões. Tudo para, qualquer faltinha é marcada. o jogo não rende. isso

?

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos