Quero ser grande! Sevilla sonha com 'Doblete' em cima do Barcelona

O confronto entre Barcelona e Sevilla está longe de ser considerado um clássico espanhol. Porém, os últimos jogos e a evolução da equipe andaluza demonstram que os favoritos catalães não terão nenhuma moleza neste domingo, às 16h30 (horário de Brasília), no Vicente Calderón, na grande decisão

da Copa do Rei.

O Sevilla está distante de ser um rival que o Barça consegue se impôr com facilidade. Em agosto, na Supercopa Europeia, o atual tricampeão da Liga Europa vendeu caro a derrota por 5 a 4, na prorrogação. Em outubro, no primeiro turno do Campeonato Espanhol, vitória andaluza por 2 a 1. No returno da competição, no Camp Nou, os catalães suaram a camisa para devolver o mesmo placar.

Ganhar o "Doblete" (dois títulos na mesma temporada) seria o primeiro passo para o Sevilla.

- Claro que a qualidade do Barcelona é indiscutível, têm jogadores que dispensam comentários, porém, conhecemos bastante nosso adversário e temos totais condições de sairmos vitoriosos. Espero que a história mude e que dessa vez o troféu venha para Sevilha - afirmou o lateral-direito Mariano, um dos heróis do tri da Liga Europa e jogador que integra a seleção oficial do torneio internacional.

Sete títulos em um ano

Apesar da queda nas quartas de final da Liga dos Campeões para o

Atlético de Madrid, o Barcelona pode conquistar o sétimo título em

um intervalo de apenas um ano.

Para o técnico Luis Enrique, a temporada foi positiva independente

do resultado de hoje.

- Fizemos um bom trabalho e conseguimos manter o alto nível em todos os torneios. Não existe final sem sofrimento. Nosso rival passa por um estado de otimismo muito grande e nos trará muita dificuldade - indicou Lucho.

Para enfrentar o Sevilla, o técnico contará com força máxima e com o elenco descansado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos