Tupi põe duas bolas no travessão, mas o Vasco vence em São Januário

Dificilmente algum torcedor do Vasco acharia que o duelo contra o Tupi, neste sábado, seria tão emocionante. No primeiro jogo da equipe em São Januário, nesta Série B, os visitantes tiveram chances, mas a vitória ficou no Rio de Janeiro. Luan garantiu o 1 a 0, e já são 29 jogos que o Cruz-Maltino atinge de invencibilidade.

Quem chegou perto do gol pela primeira vez foi o Tupi. Aos dois minutos, Jonathan chutou de fora da área e Martin Silva espalmou. No rebote, também de fora da área, Filipe Alves soltou outra bomba, mas esta foi no travessão.

Aos poucos o Vasco foi dominando a posse de bola. Em duas cobranças de falta da direita, Nenê não conseguiu gerar perigo para o goleiro Glaysson. Aos 21 minutos, o camisa 10 encontrou Thalles. O goleiro pegou o chute cruzado.

Os mandantes dominavam o meio-campo, apesar da marcação forte do time mineiro. O primeiro tempo parecia fadado ao 0 a 0 quando Luan, de cabeça, abriu o placar, após cobrança de falta de Nenê, aos 37 minutos.

Na segunda etapa, foi o Vasco quem impôs uma blitz. As finalizações, no entanto, não tinham a direção certa. Aos 17, uma tentativa de Thalles foi forte, mas por cima.

A pressão vascaína era incessante. Com Jorge Henrique e Julio Cesar pela esquerda, mas principalmente com Yago Pikachu e Evander pela direita. Os cruzamentos, porém, não tiveram bom destino.

Ao Tupi restavam os contra-ataques. E, aos 22, um deles terminou numa finalização perigosa de Marcos Serrato. Mais um chute no travessão. Aos 27, nova chance. Pela esquerda, Ygor chutou e Martin Silva fez boa defesa.

Aos 37 minutos, a grande chance de Thalles. Após passe de Nenê, o centroavante saiu na cara de Glaysson. Melhor para o goleiro, que defendeu em dois tempos.

No fim da partida, Jonathan foi expulso, e o Vasco acabou tendo mais oportunidades. Henrique, Yago Pikachu e Nenê (tentando gol olímpico), pararam no goleiro.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 0 TUPI

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data/hora: 21/5/2016 - 16h

Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)

Auxiliares: Pedro Santos de Araújo (AL) e Brígida Cirilo Ferreira (AL)

Renda/público: R$ 147.035,00/ 4.460 pagantes

Cartões amarelos: Yago Pikachu, Thalles, Martin Silva e Evander (Vasco); Filippe Formiga e Jataí (Tupi).

Cartão vermelho: Jonathan (Tupi)

GOL: Luan (37'/1ºT)

VASCO: Martin Silva, Yago Pikachu, Luan, Rodrigo e Julio Cesar (Henrique, 24'/2ºT); Marcelo Mattos, Julio dos Santos, Andrezinho (Evander, 5'/1ºT depois Diguinho, 36'/2ºT) e Nenê; Thalles e Jorge Henrique - Técnico: Jorginho.

TUPI: Glaysson, Filippe Formiga, Heitor, Rodolfo e Bruno; Filipe Alves (Henrique, intervalo), Marcos Serrato, Jataí e Jonathan; Giancarlo (Gabriel Sacilotto, 34'/2ºT) e Thiago Silvy (Ygor, intervalo) - Técnico: Ricardo Drubscky.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos