Botafogo teve tudo para vencer, mas sai da Ilha do Retiro com o empate

Com estratégia inteligente - atuar fechado, duas linhas de marcação fortes e sair no contra-ataque puxado por Lindoso ou Fernandes, o Botafogo fez boa partida - principalmente no segundo tempo, quando perdeu várias chances - e por pouco não saiu da Ilha do Retiro com a vitória. No fim, 1 a 1, com gols no primeiro tempo. Diego Souza abriu para o Sport e Fernandes empatou. Os times fizeram seus primeiros pontos na Série A-2016.

 

Nos dez primeiros minutos, o time carioca conseguiu iniciar três contra-ataques, com Neilton de referência pela esquerda. Mas não deu em nada pois a bola chegava na ponta, mas não seguia para a área.

 

Com mais espaço em campo, o Sport se lançou ao ataque. Como o miolo estava bem engarrafado, o time pernambucano buscou jogadas pelos flancos. A estratégia era usar Mark González pela esquerda e fazer Diego Silva cair pela direita para jogadas individuais, abrindo espaços para Lenis encostar em Vinícius Araújo.

 

Embora tenha mostrado um jogo ofensivo muito superior à nulidade apresentada contra o Flamengo, o Sport pecava na finalização. Seus jogadores demoravam para definir o chute e isso era bom para o Botafogo, que mesmo com o goleiro Helton Leite vacilante nas saídas de bola, parecia controlar o rival.

 

Porém, uma saída em falso do goleiro resultou em gol do Sport. O cruzamento da direita de Samuel Xavier encontrou Mark González que jogou para a pequena área. O atacante Vinicius Araújo ficou na dele enquanto Helton atabalhoadamente tentou rechaçar e se chocou com o atacante, a sobra ficou para Diego Souza bater de virada e marcar. Apesar de toda a reclamação dos jogadores do Botafogo, não ocorreu falta no goleiro.

 

O Botafogo se descontrolou e por muito pouco não levou o segundo. Uma confusão na área acabou com Luis Ricardo salvando quase em cima da linha. A tendência era o Sport deitar e rolar. Só que o Botafogo, assim que se recompôs, voltou ao seu jogo de toques rápidos. E quando acertou seu primeiro bom ataque, empatou. E graças a uma jogada inteligente. Ribamar saiu da área para receber a bola e chamar a marcação. Rapidamente, o atacante cruzou para a segunda trave, para a infiltração do lateral Victor Luís, que bateu de primeira, tirando o goleiro Magrão da jogada e deixando Fernandes chutar para o gol vazio.

 

Daí em diante e até o fim do primeiro tempo, a mesma toada. Jogo equilibrado, o Botafogo jogando quase sempre pela esquerda e o Sport ciscando sem eficácia na intermediária alvinegra. A grande chance foi um chute de Luís Ricardo na trave direita do goleiro Magrão que quase resultou na virada do Botafogo.

O Botafogo voltou melhor no segundo tempo, assustando muito nos contra-ataques, pelos flancos e criando chances claras contra um time muito desorganizado e vaiado pela sua torcida. Fernandes, aos dez, ficou na cara de Magrão e chutou em cima do goleiro. Aos 14, Neilton livre cabeceou por cima , aos 23 minutos, Anderson Aquino, que acabara de entrar, invadiu pela esquerda e Magrão voltou a aparecer muito bem fazendo o abafa. Um pouco depois, aos 35, o mesmo Anderson Aquino teve chance de ouro e chutou no travessão.

 

O Sport só foi assustar somente nos minutos finais em três lances do atacante Túlio de Melo - que entrou no lugar do inoperante Vinícius Araújo. Nas três vezes o goleiro Helton Leite brilhou. Espalmou para escanteio em duas delas e fez defesa em dois tempos na outra, assegurando o primeiro ponto dos Alvinegros.

 

FICHA TÉCNICA

SPORT 1 X 1 BOTAFOGO

Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE).

Data e hora: 22/5/2016, às 18h30 (de Brasília)

Árbitro: Vinícius Furlan (SP)

Auxiliares: Márcia Caetano e Alex Ribeiro (ambos de SP)

Cartões amarelos: Gabriel Xavier, Durval e Samuel Xavier (SPT), Luís Ricardo, Bruno Silva (BOT)

Público/renda: 6.117 pagantes/ R$ 131.410,00

 

GOLS: Diego Souza, 18'/1ºT (1-0), Fernandes, 28'2ºT (1-1)

 

SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Oswaldo Henríquez, Durval e Renê; Serginho, Gabriel Xavier, Mark González (Luís Antônio, 24'/2ºT) e Diego Souza; Lenis (Everton Felipe) e Vinícius Araújo (Túlio de Melo, 10'/2ºT) . Técnico: Oswaldo de Oliveira

 

BOTAFOGO: Helton Leite; Luís Ricardo, Emerson Silva, Joel Carli (Emerson, 16' 2ºT) e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Fernandes e Leandrinho; Neilton (L. Henrique, 33'/2ºT) e Ribamar (Anderson Aquino, 20'/2ºT). Técnico: Ricardo Gomes

 

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos