Gabigol diz que não pode garantir volta ao Santos após a Copa América

O atacante Gabigol se despediu do Santos neste domingo, na vitória por 2 a 1 sobre o Coritiba, na Vila Belmiro. Resta saber, contudo, se foi um adeus ou um "até logo". O jogador se apresentará nesta segunda-feira à Seleção Brasileira para a disputa da Copa América e, cobiçado pelo futebol europeu, pode não voltar ao clube.

O próprio camisa 10 não quis garantir se retornará ao não, embora tenha contrato até o fim de 2019. Gabigol tem uma proposta de 25 milhões de euros (R$ 100 milhões) nas mãos do empresário Juan Figer, mas o clube não é revelado. O Santos quer 30 milhões de euros (R$ 120 milhões) para liberá-lo.

"É difícil falar, não tem como eu afirmar nada, mas estou muito feliz no Santos, é sempre um privilégio jogar na Vila com a torcida do nosso lado. Vou descansar bastante e ir para Seleção. Se eu vou voltar ou não, vamos ver mais para frente", declarou.

"Estou muito feliz aqui, todo mundo sabe que é minha casa. Afirmar alguma coisa é complicado. Até agora meu foco foi o Santos, mas agora vou pensar na Seleção", completou o jovem, de 19 anos.

Além de Gabigol, o Santos perderá o meia Lucas Lima para a Seleção. Já o atacante Ricardo Oliveira foi cortado da Copa América por causa de uma lesão no joelho direito.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos