Tite diz que Timão 'brincou' de criar chances, mas admite intranquilidade

Tite detectou falta de confiança no Corinthians, que segundo ele "brincou" de criar oportunidades de gol no primeiro tempo, mas sem a efetividade necessária para evitar a derrota por 3 a 2 para o Vitória, no Barradão.

- O Corinthians criou um número muito grande de oportunidades. Talvez a equipe esteja um pouco ansiosa e nervosa, não está tendo confiança para traduzir o que produz. No segundo tempo o calor pesou um pouco, o nervosismo na definição bateu, o time não reagiu ao gol do empate e perdemos - disse o técnico, lembrando que o primeiro tempo terminou com vantagem corintiana por 2 a 1 e a virada veio depois do intervalo.

- No primeiro tempo brincamos de infiltrar e criar oportunidades, mas não traduziu em gols e foi penalizado. No futebol quando isso acontece é cruel. Foi o melhor primeiro tempo que a equipe fez sob meu comando nesta temporada. Mas há outros aspectos. É uma equipe de jogadores que estão chegando agora, se entrosando. Não posso retirar o mérito do Vitória. O Kieza foi muito bem, um jogador que queríamos ter tido no ano passado. Venceram bem - acrescentou.

Em duas rodadas, o Timão soma apenas um ponto no Campeonato Brasileiro - empatou sem gols com o Grêmio na estreia. Ao todos, já são cinco partidas sem vencer, com quatro empates e a derrota neste domingo. Dois desses empates terminaram em eliminações, no Paulista (para o Audax) e na Libertadores (para o Nacional-URU).

- Derrota, cinco jogos sem vencer, traz intranquilidade sim - completou o treinador.

O Corinthians volta a campo às 11h de quinta-feira, contra a Ponte Preta, em sua arena.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos