Comentarista do UFC acusa Gabi Garcia de usar hormônios masculinos

Multicampeã de jiu-jitsu, a brasileira Gabi Garcia já fez duas lutas de MMA pelo evento japonês, Rizin, e segue invicta. Se na época em que competia nos tatames, a faixa-preta tinha mais gordura do que músculos, atualmente a paulista está 'trincada'.

Apesar de ser grande por natureza e sempre ter sido a maior garota dos lugares onde frequentou, desde a época de criança, o físico da lutadora levantou suspeita no comentarista oficial do UFC, Joe Rogan, que pegou pesado com a brasileira em seu programa.

- O que a gente pode dizer da Gabi Garcia, alguém que claramente faz uso de hormônios masculinos. Se você lutar contra uma mulher que não toma nada e você toma hormônios masculinos, é desigual. A única divisão que você pode ter, é se um tem pênis e o outro vagina? Dependendo da quantidade de hormônios que você usa, você se torna um homem - disse Rogan.

Garcia não compete desde abril deste ano, quando finalizou Anna Malyukova com uma chave de braço no segundo round, em evento realizado no Japão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos