Cuéllar é vetado, e Flamengo terá mudanças contra a Chapecoense

  • Gilvan de Souza/Flamengo

Numa grave crise, o Flamengo fez um treino fechado à imprensa, na tarde desta terça-feira, no Ninho do Urubu. A tendência é que o time titular tenha novidades para o jogo desta quarta, contra a Chapecoense. Willian Arão pode voltar à equipe, enquanto Cuéllar será desfalque. O volante colombiano sofreu uma torção no tornozelo esquerdo na partida contra o Grêmio e ainda não se recuperou.

Márcio Araújo será o responsável por substituir Cuéllar. Ele ficará encarregado da marcação, ao lado de Willian Arão.

No ataque, Ederson e Felipe Vizeu disputam a vaga de Guerrero. O camisa 10 era o preferido de Muricy Ramalho para assumir a vaga na ausência do peruano, mas foi muito mal contra o Fortaleza, quando fez o papel de centroavante. Por isso, o jovem de 20 anos entra forte nesta briga. Há ainda uma dúvida para saber quem será o segundo atacante. Desfalque contra o Grêmio, Emerson está novamente à disposição, mas Cirino também luta por espaço.

O time que enfrenta a Chapecoense, nesta quarta-feira, em Volta Redonda, deve ter a seguinte formação: Paulo Victor, Rodinei, Léo Duarte, Juan e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick e Everton; Emerson (Cirino) e Felipe VIzeu (Ederson).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos