'Dia D' no Flamengo: futuro de Muricy e do futebol do clube é decidido em exames médicos

Esta terça-feira representa um 'Dia D' para o Flamengo. Afastado por causa de uma arritmia, o técnico Muricy Ramalho será submetido a exames com seu médico pessoal em São Paulo. A partir desta avaliação, será possível saber se o treinador estará ou não apto a exercer a profissão sem correr riscos. O clube também aguarda o parecer para anunciar mudanças no futebol.

O próprio Muricy ainda aguarda o resultado dos exames para definir o futuro profissional.

- Depois dos exames, avalio se volto - disse o treinador, em contato com o GloboEsporte.com.

Publicamente, o Flamengo informa que não tem pressa para definir o caso, uma vez que está preocupado com a saúde do treinador.

Certo mesmo é que ele não será demitido. Muricy tem contrato com o clube até o fim de 2017 e cláusula rescisória é de cerca de R$ 7,5 milhões. Se sair, terá de haver um acordo do clube com o técnico.

De acordo com a apuração do LANCE!, o grupo de jogadores também passa por avaliação e pode ser modificado, inclusive com a saída de atletas. Isso, é claro, depende também da situação de Muricy Ramalho, já que ele foi fundamental na montagem deste grupo. O mesmo vale para Rodrigo Caetano. A permanência dele depende da aprovação do treinador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos