Chance de Seleção anima, mas Fagner não muda foco: 'Penso no meu jogo'

  • Adriano Vizoni/Folhapress

    Lateral do Corinthians é cotado para substituir Daniel Alves na seleção brasileira

    Lateral do Corinthians é cotado para substituir Daniel Alves na seleção brasileira

Apesar de estar inscrito na Copa América com a camisa 2, o lateral-direito Daniel Alves corre o risco de ser cortado da seleção brasileira em razão de dores no pé das quais se queixa há meses. O departamento médico da seleção realizará uma avaliação com o jogador, e há chance de corte.

Neste caso, o corintiano Fagner seria chamado às pressas para se juntar ao grupo nos Estados Unidos, já que estava listado previamente por Dunga. Fagner nega contato da CBF, mas admite satisfação pela lembrança, apesar de seu foco estar inteiro nas ambições do Corinthians neste momento.

"Eu fico feliz de ter essa possibilidade, mas não há nada concreto. Tenho que pensar no jogo de amanhã (contra a Ponte Preta), no treino de hoje (quarta-feira), e se acontecer vou ficar feliz. Vai ser fruto de conquista e da ajuda de todos dentro do campo. Ontem (terça-feira) acompanhei o assunto, porque muitas pessoas me mandaram reportagens. Mas eu procuro absorver e deixar de lado para não atrapalhar meu trabalho. Ninguém entrou em contato, não tem nada. Então é foco no jogo e se tiver que acontecer alguma coisa que aconteça, e depois a gente pensa", explicou o camisa 23 do Corinthians, autor de três gols e cinco assistências em 27 partidas na temporada.

A Copa América permite trocas em sua lista de inscrição até 24 horas antes da estreia, que será no dia 4, em Los Angeles, contra o Equador. Até lá, há chances de Fagner ser chamado para a vaga de Daniel Alves, já que seria por motivo de lesão e ele é o único jogador da posição listado entre os 40 pré-convocados.

Enquanto aguarda pela chance de se juntar ao companheiro Elias com a delegação da seleção brasileira, Fagner segue em preparação para os desafios do Corinthians. Nas duas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro, a equipe terá jogos às 11h: quinta-feira, contra a Ponte Preta, na Arena Corinthians, e domingo, diante do Sport, na Ilha do Retiro. Protagonista na equipe de 2016, o lateral vê diferenças para os compromissos por conta do horário.

"A diferença maior é se alimentar melhor no café da manhã. Em vez de comer um pão é comer um macarrão. Essa é a grande questão. Mas se descansar bem e se alimentar bem são os principais fatores para ter energia para jogar", disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos