Empolgado com torcida do São Paulo, Kelvin garante foco no Brasileiro

O São Paulo só volta a campo pela Libertadores no fim de junho, depois da Copa América. Neste ínterim, o time de Edgardo Bauza quer aproveitar para colecionar pontos importantes no Brasileirão. Para o atacante Kelvin, é possível "virar a chave" e, por ora, focar somente no torneio nacional.

- Dá, sim. É difícil, mas o São Paulo é grande e queremos vencer o Brasileiro. Precisamos focar nisso, a Libertadores demora. O que levamos da Libertadores é esse espírito, de dividir todas, forças, vontade - afirmou o jogador.

Kelvin vive boa fase no Tricolor: ganhou sequência e conseguiu cavar uma vaga na equipe titular. Apesar da derrota para o Internacional, no último domingo, no Morumbi, o atleta mostrou-se impressionado com o apoio da torcida, que têm lotado o Morumbi nos últimos jogos, principalmente na Libertadores.

- É normal o torcedor ficar chateado com derrota. Mas nesse momento o torcedor comprou a ideia, viu que todo mundo está empenhado, dando carrinho, atacando. Nos últimos jogos mostramos isso - afirmou Kelvin.

- Contra o Inter, com o apoio deles, lutamos até o fim. Em nenhum momento vaiaram. Eles compraram a ideia, fizeram festa nos últimos jogos como nunca vi na vida. Foi arrepiante ver 60 mil pessoas incentivando a gente - completou.

O São Paulo terá chance de pôr em prática o "espírito de Libertadores" no Brasileiro nesta quarta, às 21h45 (de Brasília), quando enfrenta o Coritiba no Couto Pereira, pela terceira rodada da competição.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos