Vôlei de Praia: Brasil inicia Circuito Mundial com três vitórias na Rússia

O Brasil começou o torneio masculino do Grand Slam de Moscou com três vitórias em quatro jogos disputados nesta quarta-feira, na 12ª etapa do Circuito Mundial 2016. Os representantes brasileiros nos Jogos Olímpicos de 2016, Alison/Bruno Schmidt (ES/DF) e Evandro/Pedro Solberg (RJ), tiveram a companhia dos medalhistas pan-americanos Álvaro Filho/Vitor Felipe (PB) na estreia com triunfos.

Alison e Bruno Schmidt (ES/DF) largaram com vitória na competição, superando os letões Finsters/Tocs por 2 sets a 0, com parciais de 21/17 e 21/18, em 37 minutos de partida. Nesta quinta-feira eles encaram mais dois jogos no grupo A, contra os poloneses Losiak/Kantor e frente aos canadenses Binstock/Schachter.

- Foi um bom começo, vencer na estreia é sempre bom. Estamos nos sentindo bem. Queremos jogar como fizemos no ano passado. E o foco principal é este, jogando torneio a torneio. É a melhor maneira de chegar em uma boa forma aos Jogos Olímpicos - disse o brasiliense Bruno Schmidt.

Pedro Solberg e Evandro (RJ) também tiveram um triunfo no primeiro jogo disputado na capital russa. Os representantes do Brasil nos Jogos Olímpicos venceram os gregos Kotsilianos/Zoupanis por 2 sets a 0, com parciais de 21/10 e 21/18, em 35 minutos de jogo. Os cariocas completam participação no grupo D enfrentando os mexicanos Juan Virgen/Ontiveros e os italianos Nicolai e Daniele Lupo.

Medalhistas pan-americanos, os paraibanos Álvaro Filho e Vitor Felipe também largaram com o pé direito no torneio. Eles superaram os espanhóis Herrera, medalha de prata nos Jogos de Atenas, em 2004, e seu parceiro Gavira por 2 sets a 0, fazendo 21/17 e 21/19, em 37 minutos. A dupla fecha o Grupo E enfrentando os holandeses Nummerdor/Varenhorst e os alemães Windscheif/Fuchs.

Já Ricardo e André Stein (BA/ES), que vieram do qualificatório e disputam na Rússia o primeiro torneio juntos, sofreram a única derrota do dia. Eles foram superados pelos russos Semenov/Krasilnikov por 2 sets a 0, com parciais de 21/19 e 21/16, em pouco mais de meia hora de jogo. A dupla irá em busca da reação nesta quinta-feira contra os letões Samoilovs e Smedins, bicampeões do Circuito Mundial em 2013 e 2014, e contra os poloneses Kadziola/Szalankiewicz

Os jogos do Circuito Mundial seguem nesta quinta-feira, quando cada equipe voltará a quadra mais duas vezes pela fase de grupos. Os primeiros colocados de cada chave avançam direto às oitavas de final, enquanto segundos e terceiros disputam a repescagem (Round 1). As duas fases ocorrem na próxima sexta (27.05). O Grand Slam de Moscou é o segundo na temporada 2016 do Circuito Mundial.

O Brasil lidera o quadro de medalhas na Rússia. Ao todo, são 16 medalhas entre os homens (seis de ouro, cinco de prata e cinco bronzes) e 15 entre as mulheres (seis de ouro, cinco de prata e quatro de bronze).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos