Flamengo confirma saída de Muricy Ramalho, manutenção de Caetano e busca por gerente de futebol

O Flamengo confirmou, na tarde desta quinta-feira, a saída do técnico Muricy Ramalho. O treinador deixou o comando do clube devido ao quadro de arritmia cardíaca. O Rubro-Negro entrou num acordo com o ex-comandante e, por isso, não haverá pagamento de multa rescisória.

O Flamengo informou que Muricy 'liberou o clube' da espera, já que o treinador ainda aguarda a chegada de seu médico pessoal, em São Paulo, para saber se poderá seguir com a carreira.

- Foi uma rescisão amigável, rasgando o contrato. Ele nos liberou da incerteza pelo tempo de recuperação. Deve estar sendo muito sofrido para ele, deve estar como um siri na lata em São Paulo, brinco com isso, para nos liberar e seguir em frente - explicou o vice-presidente de futebol, Flávio Godinho.

O Rubro-Negro também anunciou a permanência do diretor executivo Rodrigo Caetano, que tinha o cargo ameaçado. Ele vai trabalhar ao lado de um gerente de futebol ainda não definido. Godinho explicou o perfil traçado para esta profissional.

- Estamos em busca de um gerente de futebol para trabalhar com Caetano. Ele deveria ser um executivo que fosse ex-atleta, capitão, achamos que é uma medida que vai ajudar a performance - disse.

Ricardo Rocha e Fábio Luciano estão cotados para assumir o cargo. Alessandro também foi especulado, mas está trabalhando no Corinthians.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos