Inter joga para o gasto, mas vence Sport e sobe para o segundo lugar

O Internacional não fez uma atuação convincente diante de sua torcida. No entanto, soube ser mais efetivo em um jogo duro contra o Sport e venceu por 1 a 0, nesta quinta-feira, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O gol de Andrigo no segundo tempo garantiu os três pontos e levou o Colorado para a segunda colocação com sete pontos (pede para o líder Santa Cruz no saldo de gols). O Sport, que tem apenas um ponto, abre o Z4.

Na próxima rodada, o Internacional visita o Santos na Vila Belmiro no domingo. No mesmo dia o Sport tentará sua primeira vitória nesta edição de Campeonato Brasileiro no duelo diante do Corinthians, na Ilha do Retiro.

Foram 45 minutos iniciais de pouca inspiração. Internacional e Sport não conseguiram protagonizar lances de emoção ou dar qualquer tipo de trabalho para os goleiros Danilo Fernandes e Magrão. A forte e eficiente marcação das duas equipes também foram responsáveis pela dificuldade na crianção de jogadas. Os erros de passe também.

O técnico Argel, percebendo que o esquema com três volantes não tinha a mesma eficiência do duelo diante do São Paulo, tirou Anselmo e colocou Gustavo Ferrareis com 35 minutos de partida. O jogo ficou mais corrido nos minutos que antecederam o intervalo, mas o zero continuou no placar, o que resultou em vaias da torcida colorada.

O Colorado voltou para a etapa final com mais disposição. Se o futebol não era de encher os olhos, a vontade teria que entrar em campo. Com isso, o Inter passou a se impor e as chances apareceram. Primeiro William obrigou Magrão a grande defesa. Pouco depois, Artur cruzou e na dividida entre Andrigo e Renê a bola entrou. O arbitro creditou o gol para o jogador colorado.

A vantagem deu tranquilidade para o Inter. Percebendo o cenário, o técnico Oswaldo de Oliveira fez as três mudanças em uma tacada só: colocou Luiz Antonio, Lenis e Túlio de Melo nas vagas de Serginho, Everton Felipe e Vinícius Araújo, respectivamente.

Contudo, o Inter só não marcou o segundo em chute de Sasha (após grande jogada de Vitinho e chute de Andrigo) porque Samuel Xavier salvou em cima da linha. O Sport assumou apenas em uma boa jogada trabalhada, que Renê finalizou muito mal. No fim, o Colorado contabilizou mais três pontos, apesar de seguir devendo uma boa atuação em casa neste início de Brasileiro.

FICHA TÉCNICA:

INTERNACIONAL 1 X 0 SPORT

DATA E HORÁRIO: 26/5/2016 - 16h (de Brasília)

LOCAL: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)

ÁRBITRO: Igor Junio Benevenuto (MG)

AUXILIARES: Eduardo Goncalves da Cruz (Fifa-MS) e Marconi Helbert Vieira (MG)

RENDA E PÚBLICO: R$ 891.140,00 - 24.840 pagantes

CARTÕES AMARELOS: Vitinho, Paulão e Eduardo Sasha (INT); Vinícius Araújo (SPO)

GOL: Andrigo - 12'/2ºT (1-0)

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho, Anselmo (Gustavo Ferrareis - 35'/1ºT), Andrigo; Sasha e Vitinho (Aylon - 39'/2ºT)- Técnico: Argel Fucks

SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Henríquez, Durval e Renê; Rithely, Serginho (Luiz Antonio - 22'/2ºT), Gabriel Xavier, Everton Felipe (Lenis - 22'/2ºT) e Diego Souza; Vinícius Araújo (Túlio de Melo - 22'/2ºT) - Técnico: Oswaldo de Oliveira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos