Na Seleção, Jonas fala sobre grande temporada realizada no Benfica

O atacante Jonas, que pinta como favorito para ser o titular da Seleção Brasileira no amistoso deste domingo contra o Panamá, em Denver, lembrou como foi a sua disputa pela Chuteira de Ouro da Europa. Ele afirmou que a concorrência não era nada fácil, mas que a sua briga com Luiz Suárez do Barcelona foi bonita e gratificante. Mas que terminar na frente do uruguaio era missão impossível.

Jonas comenta sobre briga por chuteira de ouro e temporada no Benfica

- Valeu muito estar ali na briga até o fim. Mas eu disputava o Campeonato Português, que tem apenas 34 rodadas contra 38 das principais ligas. E eu até conversei com o Daniel Alves, que é companheiro do Suárez, o cara fez oito gols em quatro jogos e todo mundo estava dando a bola para ele fazer gols. Aí desanimei, fiquei triste quando ele se distanciou. Mas foi bom pra mim.

Ele aproveitou para dizer que fez a escolha mais acertada da carreira quando decidiu aceitar a proposta do Benfica há duas temporadas e agora está colhendo os frutos, com o reconhecimento na Europa e na Seleção Brasileira.

- Queria me firmar e encontrei no Benfica a estrutura ideal para isso. Antes, tinha feito um ano maravilhoso no Grêmio em 2010, depois veio o Valencia, com altos e baixos. No Benfica desenvolvi meu melhor futebol. Agora quero aproveitar esta chance na Seleção Brasileira, me focar em fazer uma boa Copa América e seguir ganhando respeito e reconhecimento - comentou o atacante.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos