CAS adia para 1º de julho decisão do julgamento do caso Hernane

O imbróglio judicial envolvendo o Flamengo, o Al Nassr, da Arábia Saúdita, e o atacante Hernane segue sem desfecho. Nesta sexta-feira, a Corte Arbitral do Esporte (CAS), orgão ligado à Fifa, adiou mais uma vez a decisão do caso que se arrasta desde 2014.

A informação foi divulgada pelo advogado Marcos Motta em seu twitter, contratado para representar o Flamengo no caso. A nova data marcada para o julgamento pelo CAS foi o dia 1º de julho.

Protagonista da conquista da Copa do Brasil em 2013, Hernane foi vendido pelo Flamengo ao Al Nassr por 4,5 milhões de euros em 2014, mas o Rubro-Negro jamais recebeu o dinheiro.

Atualmente no Bahia, Hernane é um dos nomes que desperta o interesse da diretoria do clube da Gávea, que busca um centroavante para disputar posição com Paolo Guerrero. A negociação no entanto, depende da resolução do julgamento do caso na CAS.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos