Zidane pode ser o sétimo a faturar a Champions como técnico e jogador

A Liga dos Campeões é o sonho de consumo de todo jogador de futebol. A mística, a competitividade e o glamour fazem do torneio o mais importante do mundo. Por isso, é o foco de todos os participantes. Por ser muito cobiçado, muitos acabam não tendo a oportunidade de levantar o troféu. Menos ainda são aqueles que conseguem ganhar como atleta e técnico. Apenas seis pessoas em toda a história alcançaram o feito, mas um sétimo felizardo está próximo de entrar para o seleto grupo.

Zinedine Zidane assumiu como técnico do Real Madrid em janeiro, após a demissão de Rafa Benítez. O francês superou diversos obstáculos e colocou o time espanhol na final da Liga dos Campeões diante do Atlético de Madrid. O jogo derradeiro está marcado para este sábado, às 15h45, em Milão. Em caso de conquista, o Zizou será o sétimo a levantar a 'orelhuda' como treinador e jogador, uma vez que faturou com o próprio time merengue o torneio na temporada 2001/02, marcando o gol da vitória sobre o Bayer Leverkusen.

Seis outros nomes importantes do futebol mundial têm em seus currículos a conquista da Liga dos Campeões como jogador e treinador. O primeiro a conseguir o feito foi Miguel Muñoz, que levantou o caneco nas primeiras conquistas do Real na competição: 1955/56 e 1956/57 como jogador, em uma das fases áureas do clube.

Depois de se aposentar, Muñoz marcou seu nome de vez no Real Madrid ao comandar a equipe dos títulos de 1958/59 e 1959/60. Um dado curioso: foi o ex-jogador que fez o primeiro gol merengue na história da Liga dos Campeões.

Giovanni Trapattoni também pode se honrar de ter em seu currículo o título da Champions como jogador e técnico. Com a vida praticamente toda ligada ao Milan nos tempos de atleta, ajudou o Rossonero a levantar por duas vezes o troféu: das temporadas 1962/63 e 1968/69.

Como treinador, comandou times como Bayern de Munique, Juventus, Inter e a seleção da Itália. Mas foi com o Milan que conquistou o seu maior título fora dos campos: a Liga dos Campeões da temporada 1984/85.

O lendário Johan Cruyff, que morreu no dia 24 de março deste ano, também já cravou o seu nome na história da Liga dos Campeões. Nos tempos áureos do Ajax, no início da década de 1970, o holandês fez barba, cabelo e bigode. Do principal torneio eu europeu, ele foi tricampeão de forma consecutiva: 1970/71, 1971/72 e 1972/73. Depois, foi fazer história também no Barcelona.

Na Espanha, Cruyff ajudou a criar um novo conceito dentro de campo e, principalmente, fora dele. Como treinador, levou o Barcelona ao primeiro título da Liga dos Campeões da história do clube, na temporada 1991/92.

Carlo Ancelotti é um papa-títulos de Liga dos Campeões. O atual treinador do Bayern de Munique foi bi com o Milan em 1988/89 e 1989/90. Depois que encerrou a carreira de jogador, o italiano começou a se destacar também como técnico.

Foi pelo próprio Milan que Ancelotti ganhou os seus primeiros dois títulos como treinador: 2002/03 e 2006/07 - este último com Kaká como grande protagonista. O mais recente foi na temporada 2013/14, com o Real Madrid, na conquista da 'La Décima'.

Frank Rijkaard é contemporâneo de Carlo Ancelotti. Com o italiano como companheiro, o holandês, dono de um estilo refinado, faturou o bicampeonato com o Milan em 1988/89 e 1989/90.

Já como treinador, Rijkaard faturou o título com o Barcelona em 2005/06, em uma equipe que tinha Ronaldinho Gaúcho, Eto'o e Deco como protagonistas. Foi o último treinador do clube catalão antes de iniciar a era Guardiola.

Pep Guardiola também pode se orgulhar de ter feito história na Liga dos Campeões. Se fracassou com o Bayern de Munique nos últimos três anos, parando nas semifinais, no Barcelona ele foi o 'rei'. Foi um dos pilares da conquista de 1991/92 - a primeira do clube -, que tinha Cruyff como treinador.

Na função de técnico, fez uma grande revolução no Barcelona, implantando o estilo do Tiki-taka no clube, tendo como pilares os meias Xavi e Iniesta, além da genialidade de Lionel Messi. Guardiola esteve à frente de duas conquistas da Liga dos Campeões pelo time catalão: 2008/09 e 2010/11.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos