Desfalcados, Atlético-MG e Vitória se enfrentam no Campeonato Brasileiro

O Atlético-MG vai a Salvador, na tarde deste domingo (29), para enfrentar o Vitória, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Com 11 desfalques, o Galo precisa apostar em jovens das categorias de base para bater o time da casa em pleno estádio do Barradão.

Marcelo Oliveira comandará a equipe pela terceira vez consecutiva. Nos dois primeiros compromissos, ele ainda não obteve um resultado positivo - empate contra o Atlético-PR e derrota para o Grêmio. Para alcançar o primeiro triunfo neste fim de semana, ele aposta em uma turma revelada na Cidade do Galo.

Dentre os possíveis titulares para o confronto, há cinco jogadores que surgiram nas divisões inferiores alvinegras - os laterais Marcos Rocha e Leonan, o zagueiro Gabriel, o meia Capixaba e o atacante Carlos. Na delegação que foi ao Nordeste, ainda estão o defensor Nathan e o centroavante João Figueiredo.

Questionado sobre uma possível conversa com André Figueiredo, coordenador técnico das divisões inferiores do Atlético-MG, Marcelo Oliveira revelou que utilizará cada vez mais as jovens promessas do clube:

- Vai haver esta integração. Gosto de trabalhar com jovens jogadores e eles precisam estar aqui no ambiente profissional para que possam crescer e para serem utilizados em algum momento. Utilizamos o Capixaba, que entrou, tentou, teve alguma dificuldade, mas tentou jogar - disse.

- Tive o João Figueiredo que se apresentou e fiz questão de trazê-lo de Santos. Às vezes, quando você coloca um jogador muito jovem, ele pode sentir e você pode queimá-lo. Aproveitar a base é importante, mas de forma gradual - concluiu.

Não é só o Atlético que enfrenta problemas de desfalques na partida deste domingo. O Vitória também não contará com Norberto, lateral direito titular. O apoiador Tiago Real e o atacante Marinho não treinaram nessa sexta-feira (27) e constituem dúvidas para o técnico Vagner Mancini. O comandante ainda não definiu a equipe que irá a campo contra o Galo.

- Atrapalha não saber o time que vai jogar. Faz com que você tenha que retardar as informações e a estratégia de jogo. Se eu tenho a equipe formada na quinta-feira, eu, certamente, na quinta-feira e na sexta-feira vou focar no nosso adversário, passar as informações. E, às vezes, em função de lesão, suspensão, a gente tem que alterar a equipe - afirmou.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA X ATLÉTICO-MG

Local: Barradão, em Salvador (BA)

Data-hora: 29/5/2016 (domingo) - às 16h (horário de Brasília)

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)

Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (Fifa/MS) e Ivan Carlos Bohn (PR)

VITÓRIA: Fernando Miguel; Maicon Silva, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, Marcelo (José Welison) e Leandro Domingues (Tiago Real); Marinho (Dagoberto), Kieza e Vander. Técnico: Vagner Mancini.

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Tiago, Edcarlos (Gabriel) e Carlos César (Leonan); Rafael Carioca, Leandro Donizete (Júnior Urso) e Capixaba; Hyuri, Pablo e Carlos. Técnico: Marcelo Oliveira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos