Conor McGregor, sobre derrota: 'Diaz esteve perto de estar acabado'

Se engana quem pensa que a derrota para Nate Diaz mudou Conor McGregor. Apesar de ter sido finalizado pelo americano no segundo round, em luta realizada em março, o astro irlandês segue com a mesma postura confiante. E ele quer a revanche com o americano na mesma categoria da derrota, sem mudanças, nos mesmos termos.

Em entrevista a ESPN, McGregor explicou porque pretende fazer a revanche com Diaz nos meio-médios e relembrou a derrota, onde acredita que esteve perto da vitória contra o rival.

- Que tipo de lutador eu seria se falasse: "Ei, eu não te peguei nos meio-médios, deixe-me tentar te pegar nos leves". Farei meus ajustes. Eu comi até o peso. Dessa vez, não farei isso de novo. Os primeiros oito minutos da luta foram fáceis. Vamos ser honestos, eu dei uma surra nele Ele acertou aquele soco que "tocou o sino"... Ele estava perto de estar acabado. Mais um ou dois golpes e ele teria sido embrulhado - afirmou o campeão dos penas.

A revanche entre Conor McGregor e Nate Diaz chegou a ser marcada para o dia 9 de julho, pelo UFC 200, em Las Vegas (EUA), mas problemas entre o irlandês e a organização impediram e adiaram o duelo. Ambos seguem em negociações com o UFC para definir o próximo passo na organização.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos