Fora dos Jogos Olímpicos, Luciano Corrêa deixa a Seleção de judô

A convocação da equipe brasileira de judô para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira, não mexeu apenas com os atletas chamados para a competição. Fora da disputa, o meio-pesado Luciano Corrêa (100kg) pode ter se despedido da Seleção.

- Ele falou comigo que pela Seleção Brasileira encerrou a carreira dele. A Olimpíada em casa seria a última competição dele pela equipe. Como não vai participar, encerra a participação dele na seleção. Pode ser que estenda um pouco mais pelo Minas Tênis Clube, mas não no time nacional - Ney Wilson, gestor de Alto Rendimento da Confederação Brasileira de Judô (CBJ).

Aos 33 anos, Corrêa vivia a expectativa de disputar os Jogos Olímpicos pela terceira vez na carreira, após estar presente em Pequim-2008 e Londres-2012. Na China, ele chegou até a repescagem, mas não conseguiu uma medalha. Já na Inglaterra, o lutador acabou eliminado na segunda luta.

Além disso, o experiente judoca tem no currículo duas medalhas em mundiais: ouro no Rio de Janeiro, em 2007, e bronze no Cairo, em 2005.

Na disputa pela vaga na Rio-2016, Corrêa perdeu a disputa para o jovem Rafael Buzacarini, de 24 anos, que ocupa uma melhor posição no raking mundial no momento.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos