Ex-zagueiro elogia dupla de zaga e fala em corrigir erros na bola parada

Cruzamento na área tem sido sinônimo de perigo de gol contra o Fluminense neste início de Brasileiro. Com quatro tentos sofridos por meio desta artimanha, os jogadores e o técnico Levir Culpi já ligaram o sinal de alerta. Três gols que o Fluminense tomou na competição também saíram da bola parada. Até por isso, o L! foi ouvir o ex-zagueiro Duílio, campeão brasileiro de 1984 pelo clube, para destrinchar o momento defensivo vivido pelo Tricolor:

- Não acredito que seja treinamento. Mas acredito, sim, que seja mérito dos adversários, que estão encontrando espaços. Não podemos denegrir a zaga do Fluminense. Hoje, Gum e Henrique estão fazendo uma dupla que impõe respeito em qualquer um no Brasileiro - destacou o ex-jogador ao L!.

Além dos dois, o técnico Levir Culpi conta, em seu elenco, com Renato Chaves e Marlon para a zaga. Contudo, Duílio vê Gum e Henrique como uma dupla preparada e ideal para o Fluminense neste início de competição nacional:

- Eu penso que a dupla hoje é a ideal. Os dois se entendem bem, se completam, e isso é um fato preponderante para que a equipe tome poucos gols. Acredito que quando acertar a situação dos escanteios, das bolas paradas e dos gols que cabeçam - que não são culpa só da zaga e sim da equipe toda - penso que o Fluminense pode chegar onde deseja no Brasileiro. Com certeza, hoje o Levir é um dos grandes responsáveis por essa defesa - completou o ex-zagueiro.

O próximo compromisso do Fluminense no Campeonato Brasileiro é no sábado, às 20h30, quando enfrenta a Chapecoense, na Arena Condá, pela sexta rodada da competição. Um triunfo em Santa Catarina pode representar o Tricolor dentro do G-4 do Brasileirão no final da rodada do final de semana.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos