Procuradoria-Geral da Suíça realiza novas buscas na sede da Fifa

Autoridades suíças estiveram novamente na sede da Fifa nesta sexta-feira e recolheram dados eletrônicos e documentos. A ação faz parte da investigação de corrupção que envolve a entidade há mais de um ano, como informou a Procuradoria-Geral do país europeu, segundo a agência "Reuters".

- Como parte das investigações criminais em curso no caso da Fifa, o gabinete do Procurador-Geral da Suíça conduziu uma busca na sede da Fifa em 2 de junho de 2016 com o objetivo de confirmar os resultados existentes e obter mais informações - informou o gabinete, por meio de um comunicado.

Um porta-voz do gabinete informou que o presidente da Fifa, Gianni Infantino, não está entre os investigados. A "BBC" revela que o ex-mandatário Joseph Blatter, e o ex-secretário-geral, Jérôme Valcke, são os alvos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos