Fluminense busca o G-4 e luta com retrospecto ruim contra a Chape

Contra a maldição da Chape. Pedra no sapato do clube nos últimos anos, o Fluminense entra em campo hoje buscando sua primeira vitória contra os catarinenses em toda a história. Duas derrotas no Maracanã e duas na Arena Condá marcam a supremacia do adversário no confronto até então. E um triunfo fora dos seus domínios, hoje, na Arena Condá, às 20h30, pode representar ainda mais do que o final da freguesia: pode ser a entrada do Fluminense no G4 do Brasileirão. O site do LANCE! transmite o jogo em tempo real.

Como é um time novo dentro do cenário nacional das equipes que disputam a primeira divisão, os confrontos com a Chapecoense não são muitos. Mas a supremacia do rival nesses jogos acaba se destacando: quatro jogos e todos com derrotas por parte do Fluminense, tendo marcado quatro gols e sofrido dez nesses quatro confrontos, disputados em 2014 e 2015.

Até pela possibilidade de chegar entre os quatro primeiros, o técnico Levir Culpi irá manter o mesmo time que empatou com o Galo no meio de semana. E o lema será o emso do jogo no Horto: buscar o ataque para sair com a vitória fora:

- Nunca deixamos de atacar, de ter as oportunidades para marcar. Tivemos as melhores chances para marcar lá. Porém, mais uma vez, fizemos apenas um gol. O jogo foi um jogo interessante, muito bem disputado. Os jogadores se esforçaram. Foram ao desgaste total, estão de parabéns. A bola da vitória foi nossa. Esse é o espírito - disse Levir.

Até por não ter conseguido vencer no Independência, o planejamento do Fluminense foi feito considerando o triunfo na Arena Condá:

- Dá para pensar, sim. Quatro pontos, sim, é interessante - completou o técnico sobre a vitória hoje.

O retrospecto negativo fica fora de campo. Dentro dele, o Fluminense entra em um bom momento, vindo de vitória em clássico e empate contra o forte Atlético-MG. Para coroar a boa semana, nada como encerrar com o jejum incomodo contra os catarinenses e dormir de sábado para domingo dentro da zona da Libertadores. Para isso, precisa vencer.

Retrospecto em jogos oficiais entre Chapecoense e Fluminense:

2014

Dois jogos entre ambos, pelo Campeonato Brasileiro. No primeiro vitória da Chape na Arena Condá por 1 a 0, com gol de Camilo. No segundo confronto, o inusitado: goleada do Verdão do Oeste por 4 a 1. Isto em pleno Maracanã. Bruno Silva (duas vezes), Camilo e o centroavante Leandro Pereira marcaram os gols da vitória histórica dos catarinenses.

2015

Novamente, dois jogos pelo Campeonato Brasileiro e duas vitórias do adversário tricolor. Primeiro, vitória por 2 a 1 da Chapecoense na Arena Condá, com dois gols do artilheiro Bruno Rangel, que estará em campo hoje. Pelo Fluminense, Edson balançou as redes, com um belo chute de longe. No segundo turno, no Maracanã, outra vitória da Chape, com gols de Túlio de Melo, Thiego e Camilo. Pelo Flu, Jean e Gustavo Scarpa marcaram.

Derrotas em Santa Catarina no ano passado

Se na Arena Condá o retrospecto é ruim, o Fluminense também não tem boas lembranças de Santa Catarina no ano passado. Em quatro jogos disputados no estado pelo Brasileirão de 2015, o Tricolor foi derrotado em todos eles: derrotas de 1 a 0 para Avaí e Figueirense e derrotas de 2 a 1 para Joinville e a própria Chapecoense. O último triunfo no estado foi em 2013: 2 a 1 contra o Criciúma, no Heriberto Hulse, com dois gols do lateral-direito Bruno.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos