Simeone teria recusado fortuna para comandar PSG, diz site

Ao que tudo indica, o PSG não medirá esforços para ter Diego Simeone no comando da equipe na próxima temporada. De acordo com o portal "Yahoo", o treinador teria rechaçado uma oferta de salários torno de 20 milhões de euros (aproximadamente R$ 80 milhões) anuais.

Porém, nem mesmo a negativa tende a abalar os ânimos do clube francês. O xeque Nasser Al-Khelaifi promete uma nova investida em breve.

O dono do PSG não teria gostado das atuações da equipe na Liga dos Campeões e, mesmo com Laurent Blanc tendo contrato até 2018, um acerto com Simeone não é descartado. O Atlético recebeu elogios do xeque durante a temporada recente.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos