Bauza exalta Cueva, mas quer 'um par' de reforços para a Libertadores

O São Paulo já se mexeu no mercado e contratou dois jogadores para o segundo semestre. O primeiro foi Ytalo, que já fez três partidas e marcou um gol - o da vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro no último domingo. Já o segundo foi o peruano Christian Cueva, camisa 10 do Peru na Copa América, e que não poderá disputar a Copa Libertadores. É por isso que Edgardo Bauza quer mais.

- Cueva não pode jogar a Libertadores (disputou o torneio pelos mexicanos do Toluca), mas estamos buscando um par de jogadores para a semifinal. Não posso dar nomes porque atrapalharia as negociações. O certo é que estamos buscando dois jogadores para "jerarquizar" a equipe - explicou o treinador argentino após o triunfo sobre a Raposa no Mineirão.

Uma das opções analisadas pelo Tricolor é Alexandre Pato. O atacante, que tem contrato com o Corinthians até o fim do ano, vem sendo monitorado pela diretoria e recentemente se informou sobre a situação do clube com seus ex-companheiros. O alto salário e as dificuldades que o rival alvinegro pode impor pelo negócio fazem os são-paulinos manterem cautela sobre o assunto.

Enquanto isso, Bauza responde apenas sobre o que já está sacramentado. E espera. Afinal, Cueva só poderá se juntar ao elenco depois da participação do Peru na Copa América Centenário. Os peruanos estão no mesmo grupo do Brasil no torneio, terminará somente em 26 de junho.

- É um jogador que estávamos observando, mas é um reforço só para depois da Copa América. Fico feliz que tenha dado certo, porque é um jogador importante que se soma ao resto do plantel. E já é um plantel competitivo por si só. Há coisas que não negociamos, que é a entrega em campo. É isso o que exigimos - sentenciou o comandante tricolor.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos