Lateral do São Paulo se isola como maior garçom, mas sente desgaste

O São Paulo pode até ter vencido o Cruzeiro por 1 a 0 no último domingo, mas a partida no Mineirão, válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, também trouxe problemas. O lateral-direito Bruno deixou a partida no intervalo acusando dores musculares. Agora, Edgardo Bauza, terá uma semana para ver se o camisa 2 terá condições de encarar o Atlético-PR no sábado, no Morumbi.

- O que precisa é descansar, porque é muito jogo e o time acaba desgastado. Está difícil repetir o time, são muitos jogos seguidos, mas a gente tem que descansar. Por isso um grupo tão grande é bom - explicou o lateral.

Autor do cruzamento para Ytalo marcar sobre a Raposa, Bruno é o líder de assistências no elenco com seis passes para gol. Antes o posto era dividido com Paulo Henrique Ganso, com cinco assistências, mas a vantagem pode ser ampliada com a ausência do Maestro. Se permanecer com a Seleção Brasileira até o fim na Copa América, ele só retorna ao Tricolor no fim de junho.

Caso não consiga se recuperar nos próximos dias, Bruno deve ser substituído por Auro diante do Atlético-PR. O garoto de 20 anos já foi acionado por Bauza no segundo tempo do triunfo sobre o Cruzeiro e em outras três partidas do Brasileirão. Seu concorrente para eventualmente substituir Bruno seria Caramelo, que se recupera de trauma na coxa direita.

Além de Caramelo, seguem no Reffis o zagueiro Breno, o lateral-esquerdo Carlinhos, os volantes Hudson e Wesley, o meia Michel Bastos e o atacante Wilder. O zagueiro Lyanco se recupera de amigdalite, enquanto Ganso, Mena e Rodrigo Caio disputam a Copa América nos Estados Unidos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos