Grupo invade treino do Botafogo e cobra dirigente após maus resultados

A pressão em torno do elenco do Botafogo pelo início do Brasileirão ficou ainda mais intensa na manhã desta terça-feira. Cerca de 15 torcedores de uma organizada invadiram a sede do clube, em General Severiano, para pressionar o vice de futebol, Cacá Azeredo.

O grupo pulou a catraca e colocou uma bandeira sob um dos gols. O teor da conversa traz a cobrança por mais empenho, e o objetivo é falar com os jogadores.

O dirigente conversa tendo dois seguranças do clube. Neste momento, a conversa é marcada meramente por palavras de ordem.

Ainda nesta manhã, o Botafogo fará a apresentação do meia Camilo, que atuou na Chapecoense.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos