Veja 25 jogadores da Euro que não defendem os países em que nasceram

A Eurocopa não está mais globalizada apenas pela maior quantidade de seleções, já que pela primeira vez o torneio terá 24 equipes. Mas também pelas nacionalidades diferentes em campo, já que são cada vez mais jogadores naturalizados. Ou seja, que nasceram em um país, mas defendem outros. Apenas Portugal, por exemplo, tem nove que nasceram fora da Terrinha. A Suíça é outra bem internacional, com sete. Alguns astros também estão nesta lista, como o jamaicano Sterling, que joga pela Inglaterra, e o carismático polonês Podolski, que atua pela Alemanha. Isso sem falar nos brasileiros Éder, Thiago Motta (Itália), Thiago Alcântara (Espanha) e Pepe (Portugal). Veja aqui 25 atletas que resolveram vestir camisas diferentes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos