Bauza repete time em treino com dicas de Maicon para Matheus Reis

O São Paulo, enfim, acabou com as dúvidas que restavam na escalação para o jogo contra o Atlético-PR, marcado para as 21h deste sábado, no Morumbi. O argentino Centurión, que teve dores no joelho direito na última quinta-feira, treinou sem restrições nesta sexta no estádio tricolor e está confirmado por Edgardo Bauza para o duelo da sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Assim, o Tricolor pegará o Furacão com Denis, Bruno, Lugano, Maicon e Matheus Reis; João Schmidt, Thiago Mendes, Kelvin, Ytalo e Centurión; Calleri. A equipe trabalhou em mais um coletivo nesta manhã, mas com foco voltado às bolas paradas. Já com a presença da imprensa, após às 11h30, os atletas iniciaram exercício de cruzamentos e finalizações.

- Sem Ganso (está na Copa América Centenário com a Seleção Brasileira), não há outro jogador igual a ele. Por características, quem já jogou foi Lucas Fernandes, mas que está com um problema no ombro e entrar de titular pode trazer problemas. Ele ficará no banco. Seguimos com Ytalo, que não arma, mas tem técnica e pode manter a bola no ataque. Entendeu-se bem com Calleri nos treinos - explicou Bauza, em entrevista coletiva.

Foi aí que uma das cenas mais curiosas do treinamento aconteceu. Maicon pediu licença para tirar Matheus Reis dos cruzamentos e levou o garoto para o centro do campo. O zagueiro, então, começou a dar dicas de como o lateral poderia marcar melhor no mano a mano. "Se você ficar de frente assim e o cara colocar na frente, não vai chegar nunca", demonstrou.

O ato de liderança chamou a atenção dos jornalistas e repercutiu bastante entre os torcedores nas redes sociais. Maicon já está nas graças da torcida, ganhou a braçadeira de capitão e agora luta com o São Paulo para, ao menos, estender o empréstimo do Porto (POR) a tempo de disputar a semifinal da Copa Libertadores da América contra o Atlético Nacional (COL).

O treinamento ainda trouxe mais um passo de Michel Bastos na recuperação de lesão muscular na coxa direita. Novamente de chuteiras, o meia chegou a entrar em campo e ter contato com a bola, mas focou as atividades em corridas em volta do gramado. Já os demais lesionados - Carlinhos, Hudson e Wesley, permaneceram no CT da Barra Funda.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos