Auxiliar do Uruguai afirma que Suárez poderia ter entrado em campo

  • DON EMMERT/AFP

    Suárez ficou revoltado ao não ser colocado em campo na Copa América

    Suárez ficou revoltado ao não ser colocado em campo na Copa América

O Uruguai já foi eliminado da Copa América e, como diz o ditado, não adianta chorar o leite derramado. Por conta de uma lesão, Suárez, principal jogador da Celeste, não entrou em campo em nenhuma das duas partidas que sua seleção jogou - derrotas para o México (3 a 1) e Venezuela (1 a 0), mas, segundo o auxiliar Celso Otero, o jogador poderia ter entrado em campo nos dois jogos. Em entrevista à rádio Sport 890, Otero contrariou a versão da Conmebol e disse que Suárez estava apto a defender o Uruguai.

"Luis (Suárez) também estava às ordens contra o México (derrota por 3 a 1). Se fosse o contrário, não poderia sentar no banco e nem ser escolhido para o exame antidoping", afirmou Otero, auxiliar de Óscar Tabarez.

De acordo com o site da Conmebol, o jogador do Barcelona teria sido relacionado para o jogo como "machucado", o que o permitiria sentar no banco e se aquecer com os demais atletas, mas não o dava permissão para entrar no jogo. Já se ele fosse inscrito como "ausente", sequer ficaria no banco com seus companheiros.

Em outra rádio uruguaia, Celso afirmou que o aquecimento "inútil" do jogador já era esperado e que não era a ideia da comissão utilizar o atacante em nenhum dos jogos.

"O aquecimento era uma etapa a mais da recuperação. Em nenhum momento foi pensando que ele poderia participar desta partida", disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos