Obra da arena olímpica do vôlei de praia é embargada

A cada dia em que os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro fica mais perto de seu início, novos problemas sobre as obras aparecem. Dessa vez, segundo o jornal "Folha de S.Paulo", a prefeitura do Rio embarcou a construção da arena olímpica do vôlei de praia, em Copacabana, na Zona Sul.

A obra é de responsabilidade do Comitê Organizador dos Jogos, que não obteve uma licença de instalação na Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Segundo a publicação, o canteiro amanheceu vazio neste sábado.

A preocupação é com a proximidade entre a arena e o mar. Operários e funcionários da Comlurb (Companhia de Limpeza Urbana) até chegaram a erguer barreiras de areia de mais de dois metros de altura para tentar proteger a obra da ressaca marinha na última sexta-feira.

De acordo com o Centro de Hidrografia da Marinha, até este domingo, as ondas podem chegar a 3,5 metros na orla.

Agora, o Comitê Rio-2016 pretende retomar as obras a partir desta segunda-feira com a apresetantação da documentação para a emissão da licença.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos