12 de junho verde de novo: após 23 anos, Palmeiras vence o Corinthians

12 de junho nunca será apenas o Dia dos Namorados para a torcida do Palmeiras. 23 anos depois do histórico título paulista, o Verdão voltou a ganhar do Corinthians neste domingo. Desta vez, não teve taça, mas o triunfo por 1 a 0, pela sétima rodada do Brasileirão também ficará marcado para sempre. Foi a primeira vitória alviverde no Allianz Parque sobre o rival, que fez com que a equipe comandada por Cuca ultrapassasse o Timão e assumisse a vice-liderança do campeonato - o Alvinegro caiu para quarto.

Para a data, nada mais sugestivo do que um amor à primeira vista. Foi assim com Cleiton Xavier, autor do gol da vitória. O camisa 10 entrou no intervalo e logo no segundo minuto em campo aproveitou rebote de Walter e cabeceou para as redes.

Até então, o que se via eram mais tapas do que beijos. No primeiro tempo do inédito Dérbi com torcida única, as equipes brigaram muito pelos espaços e pela bola, mas não fizeram um clássico vistoso. O Verdão começou melhor e poderia ter aberto o placar aos 7 minutos, com Gabriel Jesus, mas o garoto foi travado por Felipe quando estava frente a frente com o gol.

Sem o amor e carinho da Fiel, o Corinthians também não tinha criatividade. Pressionados já no campo de defesa, os comandados de Titeerravam lançamentos, não conseguiam trocar passes e pouco ameaçavam Fernando Prass. Mesmo assim, aos 41, Giovanni Augusto teve ótima oportunidade, mas, livre, dentro da área, chutou muito mal.

Não se sabe como foram as discussões de relacionamento no intervalo, mas os rivais voltaram com posturas diferentes. Cuca sacou RogerGuedes, adiantou Tchê Tchê, aberto na ponta direita, e viu sua substituição decidir o clássico logo na sequência. Tite não trocou peças, mas o Timão foi outro em desvantagem no placar. Aos 4, Cristian desperdiçou rebote e, mesmo com Prass fora do gol, chutou por cima. Aos 10, Guilherme mandou na trave.

A partir de então os lados alviverde e alvinegro entraram em um relacionamento sério com o sofrimento. O Palmeiras atacava com perigo e não conseguia ampliar o placar, o Corinthians lançava bolas na área e tentava pressionar...

Assim como aconteceu há 23 anos, o Timão reclama de um suposto erro da arbitragem. Nos acréscimos, o árbitro marcou uma falta de Felipe em dividida pelo alto com Fernando Prass. Na sequência, já com o jogo paralisado, a bola foi parar no gol.

Como em 93, o verde venceu. Definitivamente, o Palmeiras tem um caso de amor com 12 de junho.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 1 X 0 CORINTHIANS

?

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)

Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Rogerio Pablos Zanardo (SP)

Cartões amarelos: Jean, Zé Roberto, Edu Dracena, Moisés (PAL), Giovanni Augusto, Cristian, Felipe, Fagner (COR)

Público e renda: 39.935 / R$ 2.763.659,36

Gols: Cleiton Xavier 2'/2°T (1-0)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Tchê Tchê, Thiago Martins, Edu Dracena e Zé Roberto; Jean, Thiago Santos e Moisés (Matheus Sales 43' 2ºT); Róger Guedes (Cleiton Xavier - intervalo), Dudu (Rafael Marques 38' 2ºT) e Gabriel Jesus. Técnico: Cuca

CORINTHIANS: Walter; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Cristian (Maycon 21' 2ºT) e Bruno Henrique; Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto e Guilherme (Danilo 19' 2ºT); Luciano (André 36' 2ºT). Técnico: Tite

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos