Com camisa de carrasco, Marquinhos Gabriel volta ao palco de erro e vice

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

    Marquinhos Gabriel errou cobrança de pênalti na última decisão da Copa do Brasil

    Marquinhos Gabriel errou cobrança de pênalti na última decisão da Copa do Brasil

Com a camisa do Corinthians, Marquinhos Gabriel volta neste domingo ao palco em que sofreu um dos maiores golpes em sua carreira. Foi no Allianz Parque, em dezembro do ano passado, que ele escorregou e perdeu pênalti na decisão da Copa do Brasil do ano passado, vencida pelo Palmeiras sobre o Santos, ex-time do meia.

Embora dolorido, o vice já foi superado pelo jogador, que pode voltar a bater uma penalidade no estádio. Ele assumiu o posto de cobrador da equipe de Tite desde a sua chegada.

Para superar o "trauma", o meia tem um amuleto da sorte: a camisa 31. O número não só agrada a Marquinhos, que já o utilizou em outros clubes, como também tem história no clássico. Ele era usado pelo ex-corintiano Romarinho, que se notabilizou como carrasco alviverde. Atualmente no El Jaish, do Catar, o atacante fez cinco gols em cinco Dérbis - dois logo na estreia.

O retrospecto também está a favor do corintiano. Se por um lado ele ganhou uma decisão (a do Paulista) e perdeu outra para o Palmeiras no ano passado, por outro o Timão está invicto na nova casa do rival. Nos dois jogos no estádio até então, a equipe alvinegra venceu um e empatou outro.

Um dos principais reforços do Corinthians para a temporada, Marquinhos Gabriel defendeu o Verdão em 2014. Após cerca de seis meses com boas atuações, mas sem protagonismo, ele foi vendido para o Al Nassr, da Arábia Saudita.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos