Apesar de mau desempenho no dérbi, Marquinhos Gabriel espera evolução

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Marquinhos Gabriel não acredita que a arbitragem tenha sido responsável pela derrota do Corinthians neste domingo, por 1 a 0, diante do Palmeiras. Apesar de apontar como erro o polêmico lance entre Felipe e Fernando Prass já nos últimos segundos de bola rolando no Allianz Parque, o camisa 31 do Timão vê o mau desempenho da equipe alvinegra como o principal fator responsável pela quebra de uma sequência de quatro vitórias e também a perda da liderança do Campeonato Brasileiro, condição agora ocupada pelo Internacional.

"A gente poderia ter jogado um pouquinho mais, porque a marcação deles incomodou e não conseguimos fazer o que estamos acostumados. Pelo desempenho e pelo resultado foi uma partida incômoda, mas na próxima rodada temos a oportunidade de voltar a vencer, então tentamos tirar coisas boas desse jogo, de preencher bastante a área, chegar na linha de fundo e fazer mais triangulações. Acredito que na sequência vamos fazer jogos melhores. Podíamos até ter empatado (o Dérbi), mas o gol foi invalidado. Agora tem, sim, situações que dá para tirar de lição e usar na sequência", argumentou Marquinhos Gabriel, titular do Timão na sequência de vitórias e também na derrota deste fim de semana, sem culpar a arbitragem pelo resultado negativo.

"Vi de novo e mantenho minha opinião de que não foi falta. Mas vida que segue. Se ele validasse o gol teríamos comemorado esse ponto, seria outro resultado. Mas como perdemos ficamos tristes. Mas na próxima rodada já tem um jogo dificílimo contra o Fluminense e esperamos fazer um grande jogo", disse.

A derrota do Corinthians diante do Palmeiras foi a terceira em cinco clássicos disputados nesta temporada, e ainda fez a equipe cair da primeira para a quarta posição, com três pontos a mais que o líder Internacional. A chance de recuperar a liderança será novamente fora de casa, nesta quinta-feira, às 20h, contra o Fluminense. No estádio Mané Garrincha, em Brasília, a ideia é aproveitar o campo "neutro" e somar mais três pontos no Brasileirão.

"Jogo difícil, será em campo neutro, em Brasília. Espero que possamos fazer um bom jogo, com mais posse de bola e mais triangulações", explicou Marquinhos Gabriel, que já projeta as voltas de Balbuena e Elias após as eliminações do Paraguai e do Brasil na Copa América.

"O Elias é um jogador importantíssimo para o grupo, dá uma dinâmica no meio-campo. Balbuena também vai ter uma sequência maior de jogos com a saída do Felipe. Nossa equipe encaixando será uma boa equipe, e espero que eles possam nos ajudar", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos