No Grupo C, México empata com a Venezuela e garante primeiro lugar

México e Venezuela entraram em campo na noite desta segunda-feira já classificados, somente para ver quem ficaria com a liderança do Grupo C da Copa América. Jogando no NRG Stadium, em Houston (EUA), os mexicanos saíram perdendo mas pressionaram na segunda etapa e conseguiram o gol de empate. Com o 1 a 1 no placar, o México avançou em primeiro e os venezuelanos ficaram com a segunda vaga.

Seleções terminaram empatadas na fase de grupos, com sete pontos cada. Por ter um saldo de gols melhor, os mexicanos ficaram com a primeira colocação. Uruguai e Jamaica voltaram para casa mais cedo. México comemora a liderança, pois poderá evitar um possível cruzamento com a Argentina, que lidera o Grupo D.

O JOGO

A partida começou bastante equilibrada, com as duas equipes marcando forte e tentando anular as principais armas do adversário. Com dificuldades para entrar tocando na zaga mexicana, a Venezuela apostou na bola parada para sair na frente. Aos nove minutos, Guerra cobrou falta no segundo pau, Santos tocou para o meio da área e José Velázquez acertou um bonito voleio para estufar as redes.

Os mexicanos responderam aos 21, com Lozano. Após tabelar com Peralta, o meia bateu forte mas parou nas mãos de Hernández. A Venezuela diminuiu um pouco o ritmo e viu o México pressionar na reta final da primeira etapa, mas seleção comandada por Osorio pecava na hora de finalizar e foi para o intervalo perdendo por 1 a 0.

Querendo terminar na liderança do Grupo C da Copa América Centenário, o México voltou para a etapa final pressionando desde os primeiros minutos, para conseguir o seu gol. Peralta teve grande chance, mas Ángel salvou de cabeça. Corona também criou boa oportunidade, mas mandou para fora.

Aos 15 foi a vez de Layún arriscar de fora da área, mas goleiro venezuelano estava bem posicionado para fazer a defesa. No lance seguinte, bola sobrou para Molina finalizar com perigo, porém sem sucesso. Vencendo por um gol, a Venezuela apostava nos contra-ataques e quase ampliaram com Martínez. Em seu primeiro toque na bola, atacante finalizou cruzado para boa defesa de Corona.

Juan Carlos Osorio colocou Chicharito Hernández a campo e atacante quase fez de cabeça em sua primeira participação. O goleiro Dani Hernández estava em uma noite inspirada e salvou a Venezuela em uma verdadeira blitz do adversário. Após tanto insistir o gol mexicano veio. Corona fez uma linda jogada, entrou driblando na área venezuelana e bateu sem chances para o goleiro, empatando o jogo.

Segundo tempo era ótimo e com as duas equipes buscando o gol da vitória. Venezuela quase marcou com Martínez de bicicleta, mas goleiro mexicano mandou para escanteio. Pouco tempo depois, Chicharito quase virou o jogo. México ainda tentou a virada, mas o resultado de empate permaneceu no placar até o apito final.

FICHA TÉCNICA

COPA AMÉRICA CENTENÁRIO

MÉXICO 1 x 1 VENEZUELA

Data-Hora: 13/06/16 - 21h (de Brasília)

Estádio: NRG Stadium, em Houston (EUA)

Árbitro: Yadel Martínez (CUB)

Assistentes: Joseph Fletcher (CAN) e Darío Gaona (PAR)

Cartões amarelos: Herrera e Molina (MEX); Alexander González, Christian Santos e Peñaranda (VEN)

Cartão vermelho: Não houve

Gols: José Velázquez, 9'/1ºT (0-1); Jesús Corona, 44'/2ºT (1-1);

MÉXICO: José Corona; Aguilar, Reyes, Moreno e Torres Nilo (Layún, Intervalo); Molina (Chicharito Hernández, 22'/2ºT), Herrera, Guardado, Aquino (Jesús Corona, 15'/1ºT) e Lozano; Oribe Peralta. TEC: Juan Carlos Osorio.

VENEZUELA: Dani Hernández; Alexander González, Wilker Ángel, José Velázquez e Feltscher; Tomás Rincón, Seijas, Alejandro Guerra (Otero, 37'/ºT) e Peñaranda; Christian Santos (Rondón, 32'/2ºT) e Yonathan Del Valle (Josef Martínez, 20'/2ºT). TEC: Rafael Dudamel.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos