Pronto para o São Paulo, Rodrigo Caio ainda vê Brasil como protagonista

Horas depois de mandar uma mensagem ao São Paulo para se colocar à disposição de Edgardo Bauza para encarar o Vitória, às 19h30 desta quarta-feira, Rodrigo Caio falou com a imprensa no Aeroporto de Guarulhos. O zagueiro lamentou a eliminação precoce da Seleção Brasileira na Copa América Centenário, mas pediu compreensão com o grupo canarinho.

- Quando perde, tudo está errado? Eu nao acredito. É um grupo muito qualificado, com excelentes jogadores, protagonistas nos clubes... No momento certo a equipe vai colher os frutos. Quando não vence, os questionamentos ao trabalho aparecem, mas sabemos que precisamos melhorar na parte coletiva e individualmente também - opinou o camisa 3 do Tricolor.

Quando Rodrigo atendeu os jornalistas em Guarulhos, a saída de Dunga ainda não havia sido anunciada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Talvez por isso o defensor são-paulino tenha apresentado tanta cautela em seu discurso sobre as chances de mudança no comando da Seleção. Enquanto isso, ele segue com o projeto de participar dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

- Isso é algo mais diretivo, a gente não pode opinar muito. Sabemos a qualidade do Dunga, ele mostra nos treinamentos. A gente sabe que muitas coisas boas foram feitas, mas por uma fatalidade fomos desclassificados. Agora cada um segue com sua reflexão e eu espero estar na convocação final da Olimpíada para ajudar a Seleção. Tudo no futebol é experiência e essa derrota pode ter certeza que foi - afirmou.

O favorito para substituir Dunga no comando da Seleção Brasileira é o corintiano Tite. Já para os Jogos Olímpicos o comando deve ficar mesmo nas mãos de Rogério Micale, que estava à frente do projeto do sub-23, mas que seria substituído por Dunga na Olimpíada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos