Verdão leva empate do Coxa no fim, mas assume a ponta do Brasileiro

O Palmeiras é o líder provisório do Campeonato Brasileiro, mas sai do Paraná com um gosto amargo. Isto porque o time vencia o Coritiba por 2 a 1 até os 49 minutos do segundo tempo, quando Leandro, emprestado pelo Verdão ao Coxa, marcou o gol de empate: 2 a 2 no Couto Pereira.

A partida tinha tudo para marcar a redenção de Cristaldo, que depois de 98 dias sem jogar fez sua estreia com Cuca e com menos de dez minutos em campo balançou as redes. O Palmeiras foi seguro e melhor durante boa parte do jogo, mas sucumbiu à pressão dos donos da casa, que tiraram proveito dos seis minutos de acréscimos dados pelo árbitro em resposta à paralisação do jogo por uso de sinalizadores na torcida mandante, já no fim.

O gosto é também amargo, porque o o Verdão logo abriu o placar em belo chute de Róger Guedes, após vacilo de Juninho. A atuação na primeira etapa, contudo, não foi boa. Além de muito espaçado, o Palmeiras deu ao Coritiba muitas faltas próximas da área.

Em uma delas, João Paulo entrou livre no meio da área para igualar a partida. Em vantagem nas bolas aéreas, o Coxa, dos ex-palmeirenses Vinicius e Kleber Gladiador, ainda obrigou Prass a realizar duas boas defesas antes do intervalo.

Na volta do vestiário, o jogo mudou. Cuca mais uma vez mexeu bem e colocou Cleiton Xavier. Com o camisa 10 e Moisés, o Palmeiras cresceu e passou a encurralar os donos da casa, que viviam ainda de bolas lançadas à área, mais escassas na etapa final.

Gabriel Jesus teve a primeira chance de recolocar o Palmeiras à frente, mas parou em Wilson. Cristaldo, então, entrou. Primeiro, ajeitou para Moisés, livre, isolar. Depois, o camisa 28, em jogada ensaiada, cobrou lateral para dentro da área, Vitor Hugo desviou, e Cristaldo completou.

Com o Coritiba se atirando à frente, Cuca decidiu fechar o time e colocar Edu Dracena na vaga de Róger Guedes. Mas foi a ousadia de Pachequinho que deu certo. Ao tirar o volante Edinho, também ex-palmeirense, ele colocou Leandro, que acertou um chute colocado de fora da área e definiu o placar.

O resultado encerra uma série de três vitórias seguidas ao Verdão, que agora com 16 pontos tem vantagem sobre o vice, Inter, por saldo de gols. Os gaúchos, porém, pegam o Atlético-MG nesta quinta e podem ultrapassar o Verdão, que joga no próximo sábado contra o Santa Cruz, em casa, enquanto o Coritiba, pega o América-MG, lanterna do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 2 X 2 PALMEIRAS

Local: estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Árbitro: Anderson Daronco (RS)

Auxiliares: Nadine Schramm Camara Bastos (SC) e Rafael da Silva Alves (RS)

Cartões amarelos: Ruy, Juninho, Edinho e Luccas Claro (COR), Thiago Santos, Thiago Martins e Gabriel Jesus (PAL)

Gols: Róger Guedes 6' 1ºT (0-1); João Paulo 19' 1ºT (1-1); Cristaldo 23' 2ºT (1-2); Leandro 49' 2ºT (2-2)

CORITIBA: Wilson; Dodô, Luccas Claro, Rafael Marques e Juninho; Edinho (Leandro 25' 2ºT), João Paulo, Ruy e Felipe Amorim (Jorge Ortega 32' 2ºT); Vinícius (Evandro 22' 2ºT) e Kleber. Técnico: Pachequinho

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos (Cleiton Xavier - intervalo), Tchê Tchê e Moisés; Rafael Marques (Cristaldo 14' 2ºT), Róger Guedes (Edu Dracena 39' 2ºT) e Gabriel Jesus. Técnico: Cuca

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos